sexta-feira, 3 de setembro de 2004

Choram Marias e Clarices

na noite do Brasil

Ontem eu vi o caso Herzog na Globo.
Enfins, a quem interessar possa...

Tem uma enquete lá tb. E o resultado até agora (3 de setembro, 13h27):

O jornalista Vladimir Herzog foi torturado e morto nos porões da ditadura militar porque era filiado ao Partido Comunista - que na época era clandestino. Na sua opinião, o Comunismo, durante os chamados "anos de chumbo", era:
1. solução para o país 26.3%
2. perigo para a sociedade brasileira 21.1%
3. desculpa para o endurecimento da ditadura 42.1%
4. pretexto para grupos subversivos tomarem o poder 10.5%

3 comentários:

Anônimo disse...

Choram Marias, Clarices e Yaras.
Foi um mar de lágrimas aqui em casa.
Por que estas introspectiva?

Cássia disse...

Foi muito bacana a reconstituição. Achei emocionante os depoimentos da Clarice Herzog e do Paulo Markun.

Ana disse...

Jana Jan dá um jeito de atualizar esse blog!
Compra um computador... Vai num ciber café.
Eu mesma, tô fazendo a manutenção na ULBRA.
E me visita. Ah, visita minha irmã também,
tem uma história bem legal:
afalsabaiana.blogspot.com
Beijos!