terça-feira, 18 de julho de 2006

Um aborto

Agora pela manhã, acordo com um líquido quente na minha perna. Minha gata, que adotei há três semanas, dormia comigo. Acordei num salto, achando muito estranho que ela estivesse fazendo xixi. De repente, vi que menstruou. Pensei: "hm, não é castrada, tá no cio".
Que menstruou que nada. Ela tava era abortando. Até agora, já foram três filhotinhos. Estaremos indo em breve a uma veterinária pra ela fazer uma eco... Agora, minha ex-mamãe dorme que é uma beleza. Tadinha.

3 comentários:

Yara disse...

Quase tive um troço com o título do post.
Um beijo!

Yara disse...

Quase tive um troço com o título do post.
Um beijo!

Anônimo disse...

Mima bastante a gatinha pra ela superar o trauma...
Beijo gatona.
Ana Clara